Eu sou neguinha?

Eu sou neguinha?“, música de Caetano Veloso,  é um questionamento que todo brasileiro, homem ou mulher  faz  ou deveria fazer,  esteja onde estiver. A importância e  relevância da raça negra em nossa herança genética e cultural é inegável. E apesar de rezar a lenda que nenhuma mulher negra foi musa inspiradora da letra, a música (que ironicamente teve inspiração  em uma foto de Prince totalmente andrógino enviada por Arto Lindsay ao compositor) fala de um momento de nova afirmação da cultura negra mundial, acompanhada de um questionamento de suas verdadeiras fronteiras, mas… Quais são elas?

* A Blogagem Coletiva Mulher Negra 2012 está discutindo  temas como representatividade, consumo, direitos humanos, trabalho, sexualidade e beleza. Acompanhe as postagens através da página no Facebook ou links diretos no blog.

___

Cadastre-se

Receba por e-mail a newsletter mensal do FaceBeth e fique por dentro do que de melhor aconteceu, além das novidades que estão por vir. Registre-se clicando aqui!
Anúncios

Comente.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s