Minha árvore de natal

arvore de natal

Passei a infância vendo meu pai montar a nossa pequena árvore de natal. Tudo tinha que ser muito cuidadoso, as bolas eram frágeis, de um vidro finíssimo. A cada ano algumas “morriam” durante seu período de hibernação… rs. E assim, outras eram repostas, nem sempre do mesmo tamanho, nem sempre da mesma cor, para enfim montar a árvore. Que cada ano era um tiquinho diferente.

Depois que meu pai morreu (eu tinha 9 anos apenas) deixamos de montar a árvore. Ela enfeiou, foi ficando carequinha, as bolas se quebraram e nós simplesmente fomos esquecendo desse símbolo em nossa família. É duro admitir, mas meu pai sempre fez mais questão das festas natalinas que nós. Tanto a árvore, como outros símbolos se perderam com o tempo.

Quando há alguns anos eu fui morar sozinha, passando  um dia diante de uma lojinha de R$1,99, comprei uma bem pequenina, de piaçava pintada de verde e um respingos brancos nas pontas. Coloquei ali, em cima da TV… E todos os dias quando chegava podre de cansada depois de um estafante dia de trabalho, eu olhava aquela coisa pequetitica e lembrava do meu pai, da minha mãe , irmãos… Lembrava do quanto aquele símbolo era importante em nossa festa. O quanto ela representava a união familiar, e não me perguntem porque…

Quando voltei para a casa da minha mãe, levei-a, e depois comprei outra, e depois minha mãe ganhou outra, e outra lembrancinha, e outra… E montar a árvore de natal voltou a ser uma tradição na família.

Ano passado voltei a morar só e no natal de 2011 comprei outra árvore, baratinha, mas não menos simbólica.

Para mim, ver a árvore ali montadinha é um alento, tem um quê familiar que levamos anos para resgatar. Minha árvore é pequenina, mas representa tanto pra mim. Sempre que olho para ela penso que tenho uma família, que me ama, mesmo longe…

Este post faz parte do Meme de Dezembro, uma iniciativa das interneteiras do LuluzinhaCamp, que tem como única intenção, a diversão. Porque somos blogueiras e adoramos blogar, simples assim. Se você tem blog, corre para participar, clique aqui e saiba mais.

___

Cadastre-se

Receba por e-mail a newsletter mensal do FaceBeth e fique por dentro do que de melhor aconteceu, além das novidades que estão por vir. Registre-se clicando aqui!
Anúncios

4 comentários sobre “Minha árvore de natal

  1. até 2006 nós montávamos árvore, era um ritual, a família toda reunida pra fazer tudo ficar lindo… qndo papai adoeceu em novembro e passou o natal sozinho na uti, a data passou a não ter o mesmo significado.
    hoje, todos em casa, não montamos árvore, mas o nosso natal é também o renascimento de nosso patriarca.

    • B. disse:

      Tenho vizinhos que aconteceu algo parecido, mas o oposto. a doença e recuperação do patriarca há alguns anos reaproximou os filhos, alguns que sequer se falavam mais, voltaram a se entender, esta história me enternece. Para mim, q volta e meia vivo longe, a árvore é uma representação familiar, que às vezes lá, juntinho, passamos anos sem ter esta necessidade.

Comente.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s