Reflexão sobre crianças, educação e futuro

Foi complicado falar sobre este  tema do Meme de Dezembro, Como educar uma criança em 2013, pois é delicado de um modo geral, mas principalmente para mim, que não tenho filhos.

Minha mãe costuma dizer que o fato de ter visto minhas primas muito jovens parindo e, consequentemente, enrolando suas vidas, me fez ficar cuidadosa demais.

Quase concordo, às vezes acho que realmente me precavi muito, que quis um cenário ideal demais, que segui caminhos tão diferentes, que deixei passar da hora, mas… Não consigo me arrepender de ter escolhido, pelo menos até hoje,  não ser mãe.

Nunca vi a maternidade como obrigação, como necessidade, como único caminho para me sentir uma mulher completa e feliz. A maternidade, mais que um desejo, vocação ou acontecimento é uma escolha e exatamente por isso uma responsabilidade. Somos responsáveis, ou pelo menos deveríamos ser por escolher este e não aquele caminho. A vida é isso.

Crianças, Educação e Futuro

criancas futuro educacao

Responsabilidade para uma vida…

Criança não vem com manual de instruções, e nem prazo de validade, pelo menos eu não vim, e percebo até hoje, mesmo adulta, que ainda sou motivo de preocupação e cuidados da minha mãe… rs.

No entanto, fazendo uma reflexão sobre as crianças de hoje e sobre o futuro delas nesse mundo bem decadente é impossível não me deprimir um pouco.

Me emociono quando esbarro com pais e mães conscientes e comprometidos em ensinar através de bons exemplos e não imposições. Assim como fico triste com aqueles que ignoram, negligenciam ou passam toda a responsabilidade à escola, pelo simples fato de estar pagando.

Como educadora (pelo menos por formação, apesar de não exercer), creio que o processo de educação infantil tem vários responsáveis, entre eles a escola, mas sem esquecer jamais os pais, a família e a sociedade.

Aliás, coisa mais linda o post da Simone, E 2012?, contando dos atropelos que passou este ano com a educação da filha, mas que no fim das contas serviram para mostrar o quanto o inesperado pode , às vezes, ser extremamente gratificante.

O blog Futuro do Presente para mim é uma brisa refrescante nesse inferno sem fronteiras. Sem ser chata e levantando questões muito mais reflexivas do que conclusivas, o blog apresenta aos pais possibilidades e, sobretudo, um espaço para debater.

A única certeza é que não tenho certezas e muito menos respostas, apesar de, como todo mundo, ter  alguns achismos. Coisas bobas como incentivar valores morais como respeito ao próximo, à diversidade e convivência… Praticadas no dia a dia por quem educa, teriam muito mais efeito, que trocentos cursos extracurriculares.

Enfim, posso ter parecido evasiva, mas não dá para pitacar sobre o que desconheço, por mais bem intencionada que seja.

Este post faz parte do Meme de Dezembro, uma iniciativa das interneteiras do LuluzinhaCamp, que tem como única intenção, a diversão. Porque somos blogueiras e adoramos blogar, simples assim. Se você tem blog, corre para participar, clique aqui e saiba mais.

Anúncios

Comente.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s