Pela diversidade da beleza feminina

Ontem o programa A Liga, na parte que tratava de anorexia e transtornos alimentares, mostrou um pouco do dia a dia de uma anoréxica. Seu sofrimento, problemas com autoimagem distorcida, as facilidades que a internet proporciona na difusão da doença como estilo de vida… Foi hard! A parte em que a nutricionista pergunta às mulheres, em um quadro, como elas se vêem, e depois da devida medição de IMC, como elas realmente são, foi chocante!

A Liga - <p>08/10 - Anorexia</p> <p>Infográfico: A Liga – 08/10 – Anorexia

É pauleira ser e se ver como normal em um mundo que até a Jennifer Lawrence (a gostosérrima Mística de X-Men First Class e ganhadora de Oscar com O Lado Bom da Vida) é gorda para os padrões ditados atualmente. Onde a personagem de Fabiana Carla, Perséphone, é espinafrada, em horário nobre,  pela família do noivo por ser gorda. E o pior, quem pensa que a atriz hollywoodiana é exceção ou a cena foi coisa de novela, está muito enganado.

Não foi à toa que fiquei feliz em ver, no mesmo programa, como um fôlego, uma brisa em um dia quente e abafado, uma matéria sobre o Nu Real, acompanhando dois ensaios como mulheres absolutamente normais que, como um manifesto desnudam-se mostrando seus rostos e corpos, democratizando e difundindo a diversidade das formas.

Sem querer minimizar o sofrimento alheio, até porque eu também já sofri de autoimagem distorcida quando pesava míseros 68kg em meus 1,74m de altura, pergunto: o que é uma barriga, o que são dobrinhas, seios mais molinhos? Hoje, mesmo estando acima do peso (peso 97kg), acho tudo isso é tão pequeno, tão nadinha diante do fato de sermos saudáveis, produtivas, amadas e, sobretudo, donas de si mesmas, que só tenho a agradecer pelo que sou e me gostar assim.

Toda Nudez Será Castigada?

Quando era pequena não entendia bem o título da peça de Nelson Rodrigues, Toda Será Castigada, escrita em 1965. Como e porque a nudez deveria ser castigada?!

Em minha ingenuidade, me imaginava sob vara de marmelo, até pelo simples fato de desnudar-me ao banho… rs. Obviamente, como toda obra do dramaturgo a tal nudez e seu castigo tinha toda a carga moral de uma sociedade bem hipócrita, retrato de uma época. Outra época… (Será?!)

Hoje – fundamentalistas religiosos à parte – temos a felicidade de viver um momento onde a nudez volta a ser vista como arte, e em alguns momentos funciona quase como um manifesto, em nome da saúde, padrões estéticos e quebra de tabus sexuais.

Selecionei alguns sites, que mostram a nudez de uma maneira bonita, mostrando a beleza da diferença e, dessa forma, passando o recado ninguém é igual e, sendo assim, porque sofrer tentando encaixar neste ou naquele padrão.

The Nu Project / http://thenuproject.com/

The Nu Project  Nude Photography by Minneapolis Photographer Matt Blum

Sob a bandeira de que todas as mulheres são bonitas, o fotógrafo americano Matt Blum, desde 2005, já fotografou mais de 100 mulheres pelo mundo, inclusive Brasil, absolutamente normais, comuns, naturalmente belas.

Nu Real / http://nureal.com.br/

Nu Real – Início

Uma espécie de versão brasileira do The Nu Project, o Nu Real clica mulheres normais em seu ambiente natural, com a intenção de quebrar tabus estabelecidos pela mídia e suas mulheres plastificadas pelo photoshop.

Apartamento 302 / http://apartamento302.tumblr.com/

Apartamento 302  Maria

O projeto Apartamento 302 é uma iniciativa do renomado fotógrafo Jorge Bispo, expert com trabalhos em revistas como Playboy, VIP, Trip e TPM. Nele, o fotógrafo convida garotas sem experiência como modelo para posar nuas em seu apartamento, mostrando a beleza de mulheres igualmente belas em suas diferenças.

Banco Mundial da Genitália / http://genitalia.me/

Banco mundial da genitalia

Totalmente #NSFW (Not Safe for Work), cuidado onde vai abrir este site. Nele, através da banalização de genitálias desnudas, as imagens coletadas de anônimos em cabines nas festas e projetos artísticos de São Paulo, formam um grande mural, sem rostos, ou nomes, quebrando tabus.

Anúncios

Comente.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s