Abdicando da maternidade compulsória

mamãe e bebê / https://facebeth.files.wordpress.com/2014/08/imagem-panayiotis-filippou-flickr

Não sou mãe, decidi não ser, não tentar. Sou taxada de egoísta por alguns, de infantil por outros, eventualmente  corajosa por admitir este desejo. À beira dos 44 anos, é provável que se uma gravidez acontecesse eu não interromperia, mas… Minha vida, que já não tem eira e nem beira viraria pelo avesso.

Não quero isso.

Achei interessante o relato dessa mãe – segue link do texto abaixo – que aceitou que o filho vivesse com o pai e levanta vários questionamentos sobre essa “maternidade compulsória” que a sociedade teima em nos exigir.

Vale refletir…

“Para sermos completas, temos de ser mães. É o que chamo de maternidade compulsória. Além de mãe, temos de ser perfeitas. Cabe a nós dar conta de absolutamente tudo: da casa, do trabalho, de cuidar do marido e do corpo. Ainda temos de fazer com que nossos filhos sejam mais inteligentes que os dos outros. Será que precisamos mesmo dar conta de tudo? Queremos mesmo fazer tudo isso?

Muita gente fica chocada quando digo que não pretendo ter mais filhos. Queria muito ser mãe. Fui mãe. Para mim, bastou. Fiquei mal-humorada os nove meses de gestação, me sentia indisposta. Só que as mulheres não podem falar sobre isso. Você tem de ser uma grávida linda, plena, adorar as modificações em seu corpo.

Minha decisão de permitir que João more com o pai não significa de forma alguma que queira me desfazer de meu filho. Não sou uma mãe desnaturada, não estou louca nem quero férias – ainda que muitos achem que esses são os motivos reais. Muitos conhecidos entendem a decisão e até admiram. Mas críticas também apareceram. As reações vão de “nossa, mas que coragem!” – algo que já denuncia uma reprovação sutil à ideia – a manifestações mais elaboradas de censura.

Leia mais: Revista Época

Anúncios

Comente.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s