Hummmm, o café

image

Das maiores dificuldades que tive quando iniciei a reeducação alimentar, a redução do café foi a mais difícil de acostumar. Isso porque sou de uma família que ama café.

Por aqui usamos cafeteira elétrica e coador de papel, coador de pano e bule, cafeteira italiana, máquina de espresso… E eu só tomo hoje uns dois cafés de 200ml com leite desnatado ao dia. 😦

Café é ótimo para ficar mais disposto, mais esperto, mais ligado, mas… É péssimo para a ansiedade e insônia. Ou seja, tchau cafezinho fora de hora.

Sim, tenho hora para o último café do dia, 18 horas. Após isso, corro o risco de virar um Gremlin (sim, como os monstrinhos do filme). 🙂  Um amigo dizia que sou a única pessoa que ele conhece que depois das 18 horas fica doidona com a cafeína… De um capuccino! Veja só.

Pois é, sigo feliz com minha pequena ração diária. Dormindo como o Gizmo, e não outro Gremlin qualquer.

Até!

Anúncios

2 comentários sobre “Hummmm, o café

  1. Gata, por que você não tenta o descafeinado? Eu mesmo nunca tomei, até porque não tenho (ainda) problema com cafeína, mas pode ser uma boa opção pra você continuar desfrutando do sabor.
    De qualquer jeito, guarda uma dose pra tomar comigo um dia desses.
    Beijo.

    • Se eu disser q acostumei, pareço muito masoca? É q tem tanta restrição… Afff… Vou acostumando. Virarei monja qqer dia. E lógico q aceito café bem cafeinado contigo. Sempre!

Comente.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s