A vida é uma biografia não autorizada

“Por isso parei de falar de livros e passei a falar da vida” – Alessandro Wainer / Autor da Newsletter: Íntimos e Carecas

  • Para ler o texto sobre o trecho mencionado, clique aqui.
  • Para assinar a newsletter Íntimos e Carecas, de Alessandro Wainer, clique aqui

image

E eu, que tantas vezes me escondi das pessoas em minhas citações literárias, arrotando uma suposta erudição. Me afastava do outro com essa arrogância, muito mais do que os aproximava com o conhecimento.

(Sim, por muitos anos meus verdadeiros amigos foram os livros, por timidez ou medo da realidade, só sei que estes raras vezes me decepcionaram.)

Como o Alessandro, também demorei a “aprender” a ler de verdade, a saborear leituras, a degustar palavras e, sobretudo a ter real prazer pelo que foi lido.

Hoje leio para mim (e só para mim) o que gosto, o que interessa, o que me traz curiosidade… E leio muito menos do que poderia, e com muito mais vontade do que imaginaria.

É como ler, além do papel, a vida e as pessoas. Leio, o que leio, porque sinto prazer com isso. Vivo, como vivo, porque sou a autora e protagonista da minha história.

(Taí, talvez este seja o melhor motivo. Perceber que somos autores das nossas vidas.)

Anúncios

Comente.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s