A vida é uma biografia não autorizada

“Por isso parei de falar de livros e passei a falar da vida” – Alessandro Wainer / Autor da Newsletter: Íntimos e Carecas

  • Para ler o texto sobre o trecho mencionado, clique aqui.
  • Para assinar a newsletter Íntimos e Carecas, de Alessandro Wainer, clique aqui

image

E eu, que tantas vezes me escondi das pessoas em minhas citações literárias, arrotando uma suposta erudição. Me afastava do outro com essa arrogância, muito mais do que os aproximava com o conhecimento.

(Sim, por muitos anos meus verdadeiros amigos foram os livros, por timidez ou medo da realidade, só sei que estes raras vezes me decepcionaram.)

Como o Alessandro, também demorei a “aprender” a ler de verdade, a saborear leituras, a degustar palavras e, sobretudo a ter real prazer pelo que foi lido.

Hoje leio para mim (e só para mim) o que gosto, o que interessa, o que me traz curiosidade… E leio muito menos do que poderia, e com muito mais vontade do que imaginaria.

É como ler, além do papel, a vida e as pessoas. Leio, o que leio, porque sinto prazer com isso. Vivo, como vivo, porque sou a autora e protagonista da minha história.

(Taí, talvez este seja o melhor motivo. Perceber que somos autores das nossas vidas.)

Anúncios

Comentando | Quatro de Veronica Roth e Grey de E. L. James

Esses tempos estou na onda de ler continuações de livros que se bastavam (Por que continuação, por quê? Me fez lembrar do mal humorado escritor de A Culpa é das Estrelas… rs). Ou histórias que se apresentam como um outro ponto de vista às protagonistas, e se transformarm em livros.

Four – A Divergent Collection, de Veronica Roth

Quatro-Historias-da-serie-divergente-Veronica-Roth

Este fim de semana li o (mini livro, conto?) Four – A Divergent Collection, de Veronica Roth, um spin off da série Divergente, baseado no olhar, nas memórias de Four, inclusive com cenas que não vimos nos outros livros da coleção.

Até gostei de Four, e muito, talvez por ter simpatia pela personagem, por ter viajado um pouco mais e entendido seus quatro medos, pela dinâmica do enredo… No entanto, fica uma sensação de: “Será que o livro/conto realmente acrescenta algo a saga ou não passa de apelo editorial?” Sei lá… Lerei os outros, depois faço update.

Grey, de E. L. James

No momento estou lendo Grey, de E. L. James (Fifty Shades of Grey). Este sim livro de quatrocentas e muitas páginas, repeteco da história original sob o ponto de vista de Mr. Grey.

Capa_Grey_16x23.indd

Curiosamente, Grey, ainda que eu também veja como desnecessário, o livro tem uma narrativa mais fluida e interessante que o original. E me faz pensar que ou a autora que amadureceu um pouco seu estilo e está escrevendo um tiquinho melhor ou…

Grey-E-L-James-50-tons-banner

Realmente acredita que mulheres virgens de 21 anos são esquizofrênicas e conversam com deusas interiores, e milionários esquisitões traumatizados (e que apaixonados se tornam stalkers ou co-dependentes) pensam mais, falam menos, mas… Sobretudo agem!

Jojo Moyes | Como Eu Era Antes de Voce e Depois de Voce

como_eu_era_antes_de_voce-depois_de_voce-Jojo_Moyes

Como Eu Era Antes de Você

Este trailer me fez ler um livro (Me Before You – Jojo Moyes) por 18h direto, ou quase. Dormi apenas umas quatro horas, mais ou menos, mas amei.

Aliás, vários temas complicados de abordar sutilmente (adultescentes, traumas, gravidez não planejada…), sobretudo o direito de escolha do próprio indivíduo sobre continuar ou não vivendo sob uma situação limitadora e extrema.

como_eu_era_antes_de_voce-Jojo_Moyes

Chorei litros, mas independente de julgamentos ou qualidades literárias, terminei a leitura com o coração cheio de esperanças.

E não falo de romances, mas de escolhas, timming, consequencias… É, como diz o ditado, na vida só não tem jeito para a morte.

———————-

Depois de Você

Conforme indicado pelas amigas, li a continuação do livro anteriormente citado. Depois de Você (After You, de Jojo Moyes), obviamente começa um tempo depois da escolha de Will e mostra as consequências do ato, na vida dos que o amavam. Como cada um seguiu adiante.

depois_de_voce-Jojo_Moyes

Fala de outro tema tabu. O luto, e como cada um de nós lida com ele. O período incerto, o sofrimento, a cobrança social…

Lógico que o livro trata mais do que isso. Fala das surpresas que a vida traz. As boas e as ruins. Das boas que podem ser ruins (em determinado momento). Das ruins que podem ser boas.

Enfim, nunca vi tanta vida em dois livros que falam de morte. E agradeço ao acaso ter me apresentado aquele trailer de filme neste momento.

Dizem que não existe livro bom ou ruim, mas livros certos para determinados momentos. Creio que aprendi um pouco mais de vida, nestes livros que falam de morte e luto,escolhas e responsabilidades, vida e qualidade de vida e, sobretudo: amor.

Lázaro Ramos entrevista Alex Castro

Alex Castro fala sobre suas biografias fictícias - Vídeos - Espelho - Canal Brasil

Hoje, segunda, 5 de maio, às 21:30h, no Canal Brasil. O escritor Alex Castro será entrevistado por Lázaro Ramos no programa Espelho.

Segundo o próprio Alex:  um programa tão foda que, quando me convidaram, achei que era trote. “

Clique aqui para assistir o vídeo onde o Lázaro questiona o autor sobre suas biografias fictícias. Sensacional!

*reprises: terça, 6 de maio, às 3:30h e, sábado, 10 de maio, ao meio-dia

É neste sábado 15-02-14, em SP, o lançamento do projeto Beleza Real

Lançamento livro projeto Beleza Real Negahamburguer

Chegou a hora! O Projeto Beleza Real, da ilustradora Evelyn Queiroz virou livro, graças a captação de recursos via Catarse. (Yes!!!)

Através da personagem Negahamburguer, as aquarelas de Evelyn mostram histórias reais de mulheres que sofreram algum tipo de discriminação ou preconceito às suas condições ou pressões de padrões sociais de beleza. Lindo de viver, gente. Emociona.

negahamburguer

O evento acontecerá neste sábado, 15/02, à partir das 16h na Casa da Lua www.casadelua.com.br (Rua Engenheiro Francisco Azevedo, 216 (próximo ao metrô Vila Madalena) . O livro estará à venda no evento por 60 reais.

“Até as 19h o acesso é exclusivo para os apoiadores da campanha Projeto Beleza Real, que poderão levar um acompanhante. A partir das 19h o acesso será liberado para todos que queiram conhecer o livro e os trabalhos da artista. Durante o evento vai rolar exposição das ilustrações originais do livro, venda e sessão de autógrafo do livro Beleza Real, venda de aquarelas, telas e madeirinhas da Negahamburguer, música, comidinhas vegetarianas e bebidas, além da entrega das recompensas aos apoiadores.” – via Mistura Urbana

Programa:

  • 16h* – abertura exclusiva para os apoiadores catarse
  • 18h – Live Painting da Negahamburguer (grafite)
  • 19h – abertura ao público geral
  • 20h – apresentação musical
  • 22h – encerramento

Confirme a presença e convide os amigos na página do evento no Facebook. Conheça mais sobre o projeto e visite o blog oficial e a página da Negahamburger.

Casa de Lua

Rua Engenheiro Francisco Azevedo, 216 (próximo ao metrô Vila Madalena)
www.casadelua.com.br

Dia 08-11 lançamento do livro A Comédia Mundana de Luiz Biajoni no RJ

A Comédia Mundana - Luiz Biajoni

Essa é para os cariocas. Dia 08 de novembro tem lançamento do livro A Comédia Mundana, de Luiz Biajoni, na Livraria Sabor Literário, às 19:30h, Leblon. O Livro é uma coletânea de três histórias policiais bem safadinhas, como só o Biajoni sabe fazer.

(Aliás, eu odeio o Bia, ele escreve de maneira tão fluida e gostosa, que até parece que escrever é fácil. )

Onde: Livraria Sabor Literário

Quando: Dia 08/11/2013 às 19:30h

Endereço: Rua Conde Bernardote, 26, lj 125, Leblon, Rio de Janeiro, RJ

Apartamento 302, o livro

imagem do projeto apartamento 302 - jorge bispo

O  tumblr Apartamento 302“, do fotógrafo Jorge Bispo,  durante um ano nos presenteou com imagens de mais de 100 mulheres nuas. Agora chegou a hora do projeto virar livro.

Para que isso seja possível o fotógrafo está levantando fundos para a produção do projeto através do · Catarse. – Apartamento 302, o livro 

O dinheiro arrecadado será para a produção de um livro de 256 páginas 157mm x 230mm miolo em munken lynx rough 100 grs com direção de arte de Lila Botter e texto de apresentação de João Paulo Cuenca.

Bem legal!